Descobrindo a Califórnia – Parte 7

Hello all!!

Depois da nossa pausa para o Carnaval, voltamos com tudo para dividir com vocês nossos dias na nossa viagem dos sonhos!!

Nesse artigo, vou tentar colocar em palavras, como foi um dia de diversão no parque da Universal Studios, HOLLYWOOD! E ainda contar um pouquinho do dia em que fomos ver os Dallas Cowboys treinar (já disse que somos loucos por futebol americano, certo?)

Quem leu o nosso último texto, viu que compramos os ingressos do Madame Tussauds e do Parque da Universal em um combo que custou, apenas, 95 dólares. Só para vocês terem uma noção do quanto barato foi, o ingresso sozinho do parque, custava esse valor. Eu já disse que a palavra chave de qualquer turista nos EUA é vantagem, né. hahahaha

Um ps muito importante é que quando você compra o ingresso, pode utilizá-lo em até 7 dias sem precisar ligar e marcar o dia que vai. É só aparecer mesmo.

Animada é pouco para descrever como eu estava. Eu amo parques e sempre quis ir em um tão imenso desse jeito. Vou te dizer que Lucas estava no modo de: “ok, vamos que deve ser legalzinho”

Preciso contar apenas, que ele ficou o dia todo como um garoto de 7 anos querendo ir em todos os brinquedos…hahaha! Não que eu fosse a madura, aqui. Estava tão alucinada quanto ele e passei literalmente o dia todo rindo. Quer dizer, quase o dia todo, já que para comer foi uma facada no coração de caro e que eu posso, talvez, não sei, ter entrado um pouco em pânico com as montanhas russas, mas nada demais!

Chegamos ao parque por volta das 10h da manhã e o estacionamento já estava bem cheio. De lá até o parque em si, é uma boa andada. Mas, é tudo sempre tão colorido e tem uma vista lá do alto incrível de Los Angeles, que você já começa a se apaixonar dali mesmo.

Acho que foi o dia que mais andamos durante a viagem. Logo quando chegamos, fomos nos guiando pelos mapas que te direcionam em todos os lugares e demos a sorte de estar perto, no horário e sem filas (algo quase impossível) do início de um show aquático: o WaterWorld.

Sim, pode ter sido porque foi a primeira coisa que nós vimos, mas eu fiquei completamente deslumbrada por aquilo. É uma perfeição em cada detalhe, explosões e tudo mais, que você se sente dentro de um filme. O que eu AMEEI!!

Depois que saímos desse espetáculo, percebemos que foi sorte de principiante não ter pegado fila logo de cara. Em todas as outras atrações daquele parque, as filas variavam entre 40 e 50 minutos. O que achei fantástico, é que em cada início que fila, tem uma placa com a estimativa de tempo de espera, que realmente é cumprido. No nosso caso, em um dos brinquedos, uma das máquinas acabou dando problema e esperamos, no máximo, 5 minutos a mais do que o estimado e sabe o que isso nos rendeu? Um fast pass (fura filas) para o brinquedo seguinte que a gente quisesse ir! É exatamente isso que se chama de ter atenção e respeito pelo seu cliente.

Atrações que indicamos

Não temos muito o que falar para você entender como é mágico aquele lugar. Mas quando você for, por favor, não deixe de ir na Montanha Russa do Jurassic Park: Ela é a única que é real (mas como assim???) Isso porque, todos os outros brinquedos desse parque são em 3D. Mas, não se engane, porque dá muuuito medo também…hahahaha!

Outra atração que amamos, foi o tour pelos estúdios da Universal. Juro que nós entramos em um trenzinho, achando que era um passeio tranquilo, só para descansar dos outros brinquedos.  Mas galeraaaa, vocês não têm noção do que é esse tour. A cada set de filmagem que você passa, tem uma cena como se estivéssemos dentro do filme.

Nós vimos, chover do nada; um tsunami vindo na nossa direção; um tubarão saindo do lago embaixo do nosso carrinho; uma mulher sendo assassinada em um motel; um trem desgovernado que literalmente bateu no nosso dentro de um túnel e para finalizar participamos de uma corrida com os personagens de velozes e furiosos.

Eu, como nada dramática que sou, acabei esse tour rouca de tanto gritar e completamente descabelada, hahaha! Mas foi, com certeza, uma das melhores atrações do parque.

Nós só não fomos, na parte para criancinhas da Universal, porque do resto, fomos em cada brinquedo daquele lugar. As cidades temáticas, são outras maravilhas a parte. Você consegue entrar no bar dos Simpson e comer muitos donuts, pode encontrar a qualquer momento os Minions super fofinhos que ficam andando pelo parque e ainda, tirar foto com os imensos Transformers que em alguma hora do dia aparecem por aí.

Enfim, não pensem nem por um minuto, que talvez não valha a pena ir. Eu te prometo, que independente da sua idade, você vai se divertir muito e ficar todo tomado pela mágica daquele lugar! É como se lá, a todo momento, todas as pessoas e personagens, tivessem te falando para sorrir mais e amar mais.

Mas, como estávamos no país do consumo, eles querem que você ria demais, só que sempre comprando, haha! A entrada e a saída, são repletas de lojas, que faz você querer tudo. Acho que eu queria comprar uma coleção de mini roupas de heróis para bebês e olha que nem gravida eu estou, só porque eram a coisa mais fofinha do mundo! Mas, passando meu surto, lá não é nada barato, tudo tem basicamente o dobro do preço de todas as lojas do lado de fora do parque. Então, se você quer economizar, evite ao máximo fazer suas compras por lá.

Fomos embora, quase 22h da noite iguaizinhos crianças vendo o papai Noel.

Mas hey, pera que no dia seguinte, fizemos um programa maravilhoso para quem ama esporte, como nós!!!

Nós viajamos em agosto, então o único esporte que estava no meio da temporada era o Beisebol. Já estávamos preparados para comprar um ingresso para um jogo em Los Angeles, até que um dia, ouvimos na rádio de lá, que o Dallas Cowboys estava fazendo um training camp em uma cidade bem pequenininha, pertinho de Santa Bárbara.

Não sabíamos nada além, do dia e da hora. Simplesmente, chegamos lá, de boa, como se fôssemos mega americanos e descobrimos sabe o que? Que era de graçaaaa. Gente, pensem em duas pessoas felizes, quando descobrem algo 0800? Agora multipliquem por 10 quando o evento de graça era de Futebol Americano. Fiquei louca de alegria… hahaha

Juro para vocês, que mesmo para quem não gosta do esporte, é um evento muito legal. Tem lojinhas do time, comidas tipicamente de estádio americano, música o tempo todo e um palco com um apresentador que fica interagindo com a galera.

Os EUA respiram esporte. Futebol americano então, nem se fala. É muito bom ver uma cultura tão apaixonada assim. Desde esse dia, meu coração é um pouquinho Cowboys também (desculpa Patriots), estava vivendo o mundo NFL, só com um treino, imagina em um SuperBowl? Essa é a meta de vida!!

Espero que vocês tenham se contagiado com nosso dia de diversão na Universal e fiquem com vontade de conhecer um pouquinho esse mundão de esportes americanos.

Estou louca para contar para vocês no próximo artigo, sobre a nossa saga em busca da Placa de Hollywood e meu dia sendo uma patricinha de Beverly Hills (eu sabia que esse dia ainda ia chegar) haha!

Mil beijos!!

Letícia Vianna.

 

Acho que você vai gostar:

1 comentário

Deixe uma resposta