Uma Aventura no Havaí: Episódio 2

Aloha! Hoje vou contar um pouco mais sobre um outro canto da Big Island, um lado ainda mais turisco e bonito, o lado de Kona. No post anterior contei um pouco sobre Hilo, suas cachoeiras e algumas praias. Não sei se perceberam, se não corre lá no primeiro post da série e confere as fotos, a maioria das praias em Hilo são bem rochosas, ou seja, não tem aquela faixa de areia enorme para lançar uma canga e relaxar pegando um solzão e nem tem muitos hotéis 50 estrelas e resorts(hahaha). Mas em Kona isso muda! Kona possui resorts incríveis, onde acontecem os melhores luais e shows estilo Esposa de mentirinha, com dançarinas de hula, danças com fogo etc. Além disso, as praias passam a possuir uma faixa de areia, fazendo com o que a gente imagine do Hawaii realidade. Então bora conhecer alguns lugares.

Hapuna Beach

Nossa primeira parada, e uma das mais marcantes logo assim que cheguei no Hawaii foi a Hapuna beach. No momento que pisei nela foi o momento que entendi que eu realmente estava naquele lugar que é um sonho para muitos e era um sonho para mim. Um mar incrivelmente azul, uma areia branquinha e pessoas super simpáticas circulando nela. Meu Deus, eu estava no paraíso na terra! Ah, uma dica super importante, no Hawaii não existe vendedor ambulante na praia como no Rio de Janeiro, então prepare seu lanchinho em casa, leve sua água e seja feliz, e claro, lembre de levar uma sacolinha para jogar o lixo na lixeira quando for embora!

Beach 69

Outra incrível praia, e bem próxima a que estávamos é a Beach 69. Bem ali lado do estacionamento, no caminho para a praia você encontrará chuveirinho de água doce e banheiro (algo bem comum nas praias), seguindo em frente você passara por um arco de arvores e ao fundo vera um mar brilhante e azul. Essa é uma praia menor, com muitas arvores e em certa parte com uma areia bem grossa com galhos porem uma faixa de área boa para curtir uma praia com a opção com sombra natural ou sem.

Seguindo a frente nossa viagem, recomendo uma parada em Anaeho’omalu Beach. Uma praia incrível – ta ficando meio clichê esse adjetivo né? Pois é, mas não tem como não usa-lo. Na sua faixa de areia existe vários coqueiros que deixam o visual do mar azul mais bonito ainda. Além disso, bem ao lado dela há um restaurante que super recomendo.

O lava lava beach club tem um cardápio muito bom onde você pode fazer refeições com várias opções de frutos do mar ou mesmo comer um sanduichão! Além disso existe várias opções de drinks alcoólicos ou não e sucos para se refrescar. Contando claro com o visual incrível que o restaurante te proporciona. Sobre as porções, algumas são bem servidas, e o preço não muito caro.

Kiholo Bay

Saindo um pouco do padrão de praia que estamos acostumados, e mudando totalmente o visual seguiremos para Kiholo Bay, uma praia com black sand, isso mesmo, areia preta! A Kiholo Bay é uma praia com areia bem grossa e preta além de pedras, onde não há quase banhistas e por isso é possível encontrar várias tartarugas na sua faixa de areia.

Ao caminhar pela praia, eu e meus amigos encontramos uma senhora local que ao perceber nossa encatamento com as tartarugas nos informou que se caminhássemos uns 35 minutos encontraríamos uma lagoa onde poderíamos nadar com as tartarugas sem problema algum. E além disso nos informou que se fossemos no período da manhã, por volta das 6/7 horas poderíamos admirar golfinhos nadando. Descobrindo isso, porem sabendo que não veríamos os golfinhos já que estava tarde, resolvemos caminhar mesmo assim para conferir o local e as tartarugas. Caminhamos mais ou menos uns 25 min e encontramos uma pequena praia, não sabemos se era esse o local ao certo, pois chegamos mais rápido do que foi nos informado, e a pessoa estava meio high, se é que vocês me entendem. Então deixamos nossas coisas e entramos na água, não tinha ninguém além de nós lá, e assim que botamos os pés já avistamos algumas tartarugas nadando no local.  A água não era tão clara, acho que devido a areia preta e as pedras, porem foi uma experiência incrível!

Pu’uhonua O Honaunau National Park

Descendo mais um pouco, e indo bem ao sul de kona, chegamos a um lugar que além de bonito te ensina muito sobre a cultura havaiana. O Pu’uhonua O Honaunau National Park é um sitio arqueológico onde é possível compreender um pouco mais sobre a história da civilização havaiana, encontrando dependências reais e templos. Além disso o parque é localizado de frente pro mar e possui uma grande área com pedras vulcânicas, ou seja, além de aprender sobre a história você ainda é contemplado com a beleza natural do Hawaii.

Mais pro final da tarde, chegando na penúltima dica do dia, super recomendo ir para a Waikoloa Beach, do ladinho da Anaeho’omalu Beach, que já vimos ali em cima. Nela você pode assistir um lindo por do sol, deitado nas cadeiras do local ou na areia da praia mesmo. O visual é incrível, e o conjunto das ondas do mar batendo, o vento soprando e o sol se pondo ira te proporcionar um momento memorável e relaxante.

Ah, uma última dica! Para quem curte uma festa a noite, boates e bebidas, Kona é o lugar certo! Os hotéis possuem bares com djs que irão lhe proporcionar noites incríveis. Eu infelizmente não posso indicar algum bar exato pois não fui em nenhuma dessas festas. Como justificativa, eu estava numa vibe mais zen no período em que morei no Hawaii. Porém, escutei coisas boas dos moradores, e acredito que vale a pena recomendar!

Thaine Prado

Acho que você vai gostar:

Deixe uma resposta